Festa de homenagem aos sócios
22 OUTUBRO - CARAVELA D’OURO – JARDINS DE ALGÉS – LISBOA


O M.G.C.P. – M.G. Clube de Portugal – completou 35 anos de existência e festejou a sua fundação com um jantar comemorativo que teve lugar na “Caravela d’Ouro”, nos Jardins de Algés, em Lisboa.

Em 22 de outubro de 1981, um grupo de 11 proprietários de viaturas MG reuniu-se, pela primeira vez, num almoço no restaurante “Fateixa”, em Carcavelos, e com isso deu início ao desenvolvimento do clube.

Dos 10 Sócios-Fundadores compareceram os cinco ainda ativos e os dois já não sócios, Américo Trindade (ex-6) e Jacob Dammann (ex-10), que fizeram a entrega das distinções a:

     Nº 2 – Joaquim Preces Diniz
     Nº 3 – Eduardo Marquez Duarte
     Nº 5 – Carlos Galamba
     Nº 7 – Jaime Baptista da Costa
     Nº 8 – José Gouveia Fonseca

Impedido de comparecer por razões de saúde, José Manuel Peixoto (ex-9) enviou uma mensagem de felicitação aos homenageados.

Também, com 35 anos de antiguidade, mas sem serem Fundadores, compareceram os Sócios:

     Nº 12 – Victor Rodrigues
     Nº 20 – Manuel Vilas Sobral
     Nº 23 – Fernando Guerra
     Nº 24 – Fernando Condeça
     Nº 26 – Fernando Marques
     Nº 28 – Victor Gonzalez

Os três faltosos: José Sampaio (Nº 13), Raúl Almeida (Nº 31) e Artur Pereira de Castro (Nº 38) justificaram as suas ausências por razões profissionais.

Com 30 anos de associado e a aparecer pela primeira vez esteve o Sócio Nº 77 – José Paes Moreira que recebeu o troféu das mãos de João Pimentel.

Tentando reparar anteriores omissões e porque todos os antigos Sócios são dignos de apreço e merecedores de uma homenagem, fez-se uma surpresa aos Sócios presentes que também já completaram 30 Anos de continuidade no Clube, mas nos anos de 2013, 2014 e 2015. Para o efeito tivemos a ajuda de ex-Sócios que nos brindaram com a sua presença.

     - Fátima Rosa Bruno distinguiu os Sócios João Dinis Esteves (Nº 49) e Paulo Baptista da Costa (Nº 52);

     - Alberto Vale Rêgo premiou os Sócios Luís Branco Santiago (Nº 62) e Asdrúbal da Cunha (Nº 64);

     - Eduardo Solano presenteou os Sócios Gilberto Cadete da Silva (Nº 68) e António Hipólito Cabaço (Nº 75).

Ainda foram lidas diversas mensagens de congratulação enviadas por Sócios e Ex-Sócios que não conseguiram estar presentes.

Apontamento musical também houve, porque o fado de Lisboa foi cantado por Paula Cristina, acompanhada à guitarra e à viola pelos seus músicos.

Com o bolo de aniversário e o champanhe cantaram-se os Parabéns ao MGCP.

E como derradeira aclamação e sob a voz de comando de Isabel Fraga Alves evocou-se o Grito Académico Coimbrão:

F-r-á… frá ; f-r-é… fré… ; f-r-i… fri ; f-r-ó… fró ; f-r-u… fru ;
Alêguá guá-guá ; alêguá guá-guá ;
Chi ri bi bi tá-tá tá-tá ;
Hurrá , Hurrá !”

Ver Publicação
Ver Galeria