153ª Concentração MGCP
04 A 06 SETEMBRO 2015 - Castelos do Tejo I

Com o apoio e o patrocínio do Município do Gavião e das Juntas de Freguesia de Tancos e Amieira, o MGCCP – MG Clube de Portugal, levou os seus sócios a passarem este fim-de-semana num Alentejo muito especial. O principal objetivo era a visita de 3 Castelos do Tejo: Belver, Almourol e Amieira, mas muito mais havia para descobrir numa diversidade de temas e lugares só igualada ou superada pelo número de modelos MG presentes.

Os vestígios arqueológicos atestam a passagem de Fenícios, Gregos, Romanos, Bárbaros e de Mouros que tanto trabalho deram a D. Afonso Henriques que, em 1129, os desalojou do Castelo de Almourol, para depois o entregar aos cuidados dos Templários. A seguir, D. Sancho I doou as terras de Guidintesta, as que estão entre o Zêzere e o Tejo, aos Hospitalários, que construíram o Castelo de Belver e povoaram a região. Mais tarde, D Sancho II revalidou a doação aos Cavaleiros desta Ordem, acrescentando-lhe a Amieira e o Crato. O Castelo da Amieira, modelo de edificação portuguesa no estilo gótico, só foi construído no reinado de D. Afonso IV e é mais residencial do que militar. Mesmo assim e porque era um dos castelos do priorado do Hospital, viu-se envolvido numa disputa de poder quando o infante D. Pedro, em 1440, chefiando um exército de 12.000 homens desalojou D. Leonor de Aragão do castelo do Crato. Ela ali se recolhera, com o apoio do mestre da ordem do Hospital, porque contava com a ajuda de alguns fidalgos para derrotar o infante D. Pedro que, entretanto, se tornara regente do reino, uma vez que o futuro D. Afonso V, filho de D. Duarte e de D. Leonor de Aragão, não tinha idade para reinar.

A partir do Hotel Alamal River Club, onde ficaram alojados, os passeios fizeram-se, no sábado, no sentido de Almourol seguindo pela N3, que bordeja a margem norte do Tejo, regressando pela N118 que é a marginal esquerda do rio e que o acompanha desde a fronteira de Marvão até ao seu estuário em Lisboa. Antes da subida ao Castelo de Belver e da visita ao Museu do Sabão, a ementa do almoço colocou à mesa um sável finamente frito a acompanhar uma açorda de ovas. Belíssimo!

Depois, foi tempo de deslumbramento com a vista que se alcança sobre a praia fluvial do Alamal e o percurso do rio e de aprendizagem com a história contada no Museu, único em Portugal, sobre a produção dos Sabões Mole e de Pedra. Ficou, assim, entendida a importância económica e social que essa indústria, que durou desde a segunda metade do Séc. XVI até à primeira metade do Séc. XX, teve para a população local que passou a ser conhecida por Saboeiros de Belver.

O fim de tarde passou-se ao ar livre na esplanada da praia, nadando no rio ou ”navegando-o em gaivota”, até que se começou a ver um castelo bem alto e em suspenso na noite. Mágico!

No domingo, a Prova de Regularidade cronometrou-se na estrada que se dirige ao Gavião e a de Perícia fez-se às portas da Comenda onde decorriam as festas em honra da N. Sr.ª das Necessidades. Pelo caminho visitou-se a Amieira e o seu precioso castelo.

O almoço e a entrega dos prémios ganhos nas provas fez-se no Bar do complexo de lazer da praia fluvial da Ribeira da Venda, onde as águas de nascente criam um oásis de frescura no verão Alentejano.

Classificações:

Prova de Regularidade
Nome do Sócio Modelo MG Desvio Classificação
Classe Sport
José Machado Pinto Midget - 14.05 seg 1
Joaquim Saldanha Mendes B + 18.52 2
Isabel Tinoco B + 19.96 3
Joaquim Cardoso B + 23.83 4
Manuel Veríssimo Midget + 23.87 5
José Rodrigues Gomes A + 29.02 6
Francisco Duarte Forte B GT + 29.42 7
Alfredo Freire B + 33.74 8
Joaquim Preces Diniz B + 35.28 9
Armando Valle Féria B GT + 38.06 10
Classe Produção
Mª Cândida Fernandes F + 20.68 seg 1
José Gil F + 27.17 2
Sérgio Louro F + 75.92 3
Conceição e João Pimentel B ORGANIZAÇÃO
Prova de Perícia
Nome do Sócio Modelo MG Tempo Classificação
Classe Sport
Joaquim Preces Diniz B 27.20 seg 1
Isabel Tinoco B 28.25 2
Armando Valle Féria B GT 29.75 3
Manuel Veríssimo Midget 30.78 4
José Machado Pinto Midget 31.18 5
Joaquim Saldanha Mendes B 35.97 6
José Rodrigues Gomes A 42.22 7
Francisco Duarte Forte B GT 44.00 8
Joaquim Cardoso B - Não participaram
Alfredo Freire B -
Classe Produção
José Gil F 28.83 seg 1
Sérgio Louro F 30.09 2
Mª Cândida Fernandes F 38.84 3
Conceição e João Pimentel B ORGANIZAÇÃO

Com o patrocínio de:

     

Ver imagens da concentração