Passeio do Oeste
08 JULHO

Estava decidido a ajudar o Clube. Soube-se mais tarde que José Gil e o fim-de-semana na Sertã lhe tinham servido de inspiração e estímulo. Pretende passar o testemunho a outro Sócio que replique a ação. Falamos do Sócio Abílio Luís Antunes que sugeriu e organizou este Passeio do Oeste.

A Concentração ocorreu no Bacalhôa Buddha Eden, aquele que é o maior jardim oriental da Europa e que continua a crescer apresentando novas áreas dedicadas à arte moderna e às esculturas africanas. O vinho faz parte da casa agrícola e o espumante azul fez as delícias das Senhoras.

O almoço buffet no Manjar de Óbidos mostrou-se variado, bem confecionado e do agrado geral. Aproveitou-se o ambiente de convívio à volta da mesa para agradecer e presentear Luís Antunes que, apenas com um ano de associado, precisa de se inteirar do que foram os primeiros 30 Anos do MGCP.

Óbidos alcançou-se num instante e o estacionamento reservado facilitou a logística. A guia também já esperava, mas, possivelmente, Óbidos nunca mais voltará a ser o que já foi. Circulou-se por entre um corrupio de gente.

Devolvidos aos carros e munidos de Road-Book desfilou-se em caravana MG pelas praias do Oeste. A singular e pequena península do Baleal, outrora ilha, como contava o avô Antunes, está hoje ligada ao continente por um tômbolo que forma uma praia de fina areia branca. O seu nome provém de, no passado, ter sido local de baleação. Com uma paragem no Cabo Carvoeiro e outra na praia da Consolação, concluiu-se o passeio em Sta. Cruz onde houve lugar a um snack antes do regresso a casa.

Conclusão: Passeio bem conseguido. Partilhado com simpáticas equipas do Club MGFTF. Tempo improvável para a época com chuva miudinha pela manhã e instabilidade durante todo o dia, a ofuscar o brilho que o encontro merecia.

Ver Galeria