Festa de homenagem aos sócios
22 OUTUBRO - CARAVELA D’OURO – JARDINS DE ALGÉS – LISBOA

22 OUTUBRO - CARAVELA D’OURO – JARDINS DE ALGÉS – LISBOA

Precisamente no fim-de-semana em que o M.G.C.P. – M.G. Clube de Portugal – completou 36 anos de existência, a Race Ready, organizador do evento Estoril Classic, em parceria com a C. M. Cascais, trouxe ao Autódromo do Estoril a Fórmula 1 dos períodos pré-1966 e de 1966 a 1985, bem como corridas internacionais dedicadas aos Carros de Sport e Grupo 4 (1962-74); GT, Sport e Touring anteriores a 1966 (Masters Gentlemen Drivers); a Iberian GT e Touring pré-1976; e a Fórmula Júnior a disputar o Troféu Lurani. Com preços de ingresso bonificados para os Clubes, os seus associados puderam desfilar na pista tanto no sábado como no domingo. Entusiastas MG não perderam a oportunidade e também lá estiveram.

Para encerrar as comemorações de mais um Aniversário já iniciadas na Ota com “A Prova” e “O Concurso de Elegância e Estado”, voltou-se a marcar o jantar para a “Caravela d’Ouro”, nos Jardins de Algés, em Lisboa.

Do somatório dos 23 Sócios com 30, 25, 20, 15 e 10 anos de filiação só 9 puderam comparecer. Razões de compromissos familiares, exigências profissionais, viagens já anteriormente agendadas e longas distâncias a percorrer foram as justificações apresentadas. De facto, neste conjunto de associados encontrámos uma grande dispersão residencial indo da Guarda ao Algarve (Portimão e Armação de Pera), com passagem por Ourém, Fátima, Torres Vedras e Alpiarça. Com esta observação ficou bem patente a real dimensão nacional do MGCP.

João Baguinho começou por entregar as distinções aos Sócios com 10 Anos de inscrição:

Nº 664 – José Rodrigues Gomes

Nº 672 – José Rodrigues Rito (presente pela primeira vez)

E continuou com os que já atingiram os 15 Anos:

Nº 511 – Alfredo Simões

Nº 512 – Carlos Dias Costa

Nº 522 – António Dias Fontes

João Pimentel distinguiu os dois únicos Sócios com 25 Anos no Clube:

Nº 232 – Luis Mirpuri

Nº 235 – Nuno Campos

Os Sócios com 30 Anos tiveram a agradável surpresa de receberem o troféu das mãos do Ex-Sócio José António Montes que fez questão de estar presente para saudar os amigos:

Nº 32 – José Gil

Nº 33 – Victor Saraiva

Das diversas mensagens de congratulação, enviadas por Sócios, realçámos a de Luís Cunha Matos que de forma pungente falava do seu impedimento e da impossibilidade de se fazer representar num acontecimento que tanto lhe importava viver.

Apontamento musical voltou a haver com a atuação vibrante de elementos da Tuna ForTuna da Faculdade de Economia da UNL que ajudaram a cantar os Parabéns ao MGCP, antes do bolo e do champanhe.

Ver Galeria