Cartas de Condução
Escola de condução do Estoril

Como é do conhecimento público, o Conselho Diretivo do IMT, I.P. – Instituto da Mobilidade e dos Transportes deliberou que a partir do dia 4 de maio de 2015 deixava de aceitar as pretensões de revalidação, duplicação (2ª via), alterações de elementos (ex. mudança de nome) e outros averbamentos (ex. alteração de restrições) nas cartas de condução em suporte papel, sendo devolvidos os processos, se rececionados nos balcões do IMT, I.P., via postal (CTT) ou qualquer outra forma de envio para além dessa data.

No sentido de desburocratizar e tornar mais rápido o processo de emissão de cartas de condução, o IMT, I.P. entende que as escolas de condução com “Acordo de Parceria SIPOL”, são um factor importante na sua aproximação às populações de todo o território nacional.

Acontece que nem todas as escolas de condução têm SIPOL- Sistema de Parcerias Online e por isso muitos locais de atendimento ao público têm estado a fechar promovendo um maior afluxo de interessados às instalações do IMT, I.P., na R. Elias Garcia, em Lisboa, onde se pode perder 1 ou ½ dia de trabalho, havendo até quem não consiga atendimento no próprio dia.

Os serviços enunciados diferem em função da idade do condutor ser superior ou inferior aos 70 anos. Acontece que para os primeiros o processo é mais expedito por já haver muita informação inserida na base de dados.

Para qualquer um dos dois grupos de condutores a documentação necessária para condutores do Grupo 1, passa por:

  • Atestado médico, em impresso próprio;
  • Cartão de Cidadão;
  • Bilhete de Identidade + Cartão de Contribuinte;
  • Carta de Condução.

Porque os preços, que incluem as taxas de serviço do IMT, I.P., da escola de condução e, eventualmente, o atestado médico, serão diferentes de acordo com a idade do condutor e o que for pretendido, será sempre conveniente uma consulta prévia.

FAÇA-SE SÓCIO